Facebook admite erro e restabelece conta de Eduardo Bolsonaro

Facebook admite erro e restabelece conta de Eduardo Bolsonaro

Com isso, as restrições ao perfil do filho do presidente Jair Bolsonaro, que ficou suspenso por 30 dias, foram derrubadas.

Nesta terça-feira (20), o Facebook disse  que publicação feita pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) na rede social com frases creditadas a Adolf Hitler foi excluída “indevidamente” e já foi restaurado. Parlamentar entrou na Justiça para derrubar sanção, mas rede social revisou medida por conta própria.

Eduardo ficou seis dias impedido de fazer posts e comentários após questionar pesquisas eleitorais em uma publicação, usando uma imagem de Adolf Hitler, ao lado de uma frase atribuída a ele.

“O post de Eduardo Bolsonaro foi removido indevidamente e já foi restaurado. A consequente restrição foi levantada do Perfil do deputado”, afirmou um porta-voz do Facebook.

Com isso, as restrições ao perfil do filho do presidente Jair Bolsonaro, que ficou suspenso por 30 dias, foram derrubadas, informações da Gazeta Brasil.




Leia também:

Terra Brasil Notícias