Cofundador da Wikipedia critica o site pelo viés esquerdista

Cofundador da Wikipedia critica o site pelo viés esquerdista

Larry Sanger deixou o projeto no ano seguinte e hoje se tornou um de seus maiores críticos

Larry Sanger fundou o site Wikipedia com Jimmy Wales em 2001, com a proposta de ser uma enciclopédia aberta para autoria coletiva. Sanger deixou o site no ano seguinte e hoje se tornou um de seus maiores críticos, com informações da Revista Oeste.

Em entrevista para o site UnHerd, Sanger acusou a Wikipedia de ter abandonado sua proposta inicial de neutralidade e hoje favorecer claramente políticas esquerdistas. “A Wikipedia é conhecida, agora, por ter  grande influência no mundo. Então existe um jogo muito grande, sujo e complexo sendo jogado nos bastidores para fazer com que os artigos digam o que alguém quer que eles digam.”

A FoxNews publicou um artigo em fevereiro que analisa os verbetes da Wikipedia sobre socialismo e comunismo. Os verbetes, segundo a reportagem, “se estendem por 28 mil palavras, e mesmo assim não contêm uma discussão sobre os genocídios cometidos por regimes socialistas e comunistas onde dezenas de milhões de pessoas foram assassinadas e morreram de fome”.

Pesquisadores da Universidade Harvard fizeram um estudo comparativo entre a Wikipedia e a Enciclopédia Britânica. Conclusão: “Nós achamos que os artigos da Wikipedia são mais inclinados para as visões do Partido Democrático do que os artigos da Britânica, assim como mais tendenciosos”.

A entrevista de Larry Sanger para o UnHerd (em inglês):

Leia também:

Terra Brasil Notícias