Apresentadora da CNN causa revolta ao tentar defender novamente manifestação violenta da esquerda

Apresentadora da CNN causa revolta ao tentar defender novamente manifestação violenta da esquerda

Daniela Lima, da CNN Brasil, é mais conhecida pela sua militância do que pelo seu trabalho

Novamente está em evidência no Twitter a hashtag #CNNLixo, com mais de 6 mil comentários. Isso porque a apresentadora Daniela Lima não perdeu a oportunidade de tentar ”lacrar” com as manifestações contra Bolsonaro desse último sábado (03), que em São Paulo capital terminaram com violentos confrontos com a polícia, espancamento de militantes do PSDB, incêndios, e guardas feridos. Informações do News Atual.

Imagem

Parece que quanto mais fraco são os atos da esquerda, mais violentos eles se tornam. O de ontem foi o terceiro de uma jornada da esquerda iniciada em 29 de maio, e em todos esses atos (bem como nos dos anos anteriores) houve algum nível de violência, sobretudo após o término das manifestações, no período da noite. Mas o de ontem foi demais, e o público logo percebeu que a imprensa não estava noticiando para valer.

No seu Twitter, Daniela Lima publicou um lacônico post: ”Após mais de 4h30 de manifestação pacífica, um grupo vandaliza pontos de ônibus na consolação, diz a PM”. E como essa postagem pegou mal, Daniela logo publicou outra, enfurecida com os ”desinformadores”:

Evidentemente, esses comentários foram interpretados pelos internautas como a CNN ”passando pano” para a violência da esquerda. Se esse quebra-quebra tivesse partido de bolsonaristas, o Brasil viria abaixo. Quanto a isso, ninguém resumiu melhor que o Presidente Bolsonaro:

Leia também:

Terra Brasil Notícias