Após posse de presidente de esquerda, chefe das Forças Armadas do Peru renuncia ao cargo

Após posse de presidente de esquerda, chefe das Forças Armadas do Peru renuncia ao cargo

O general e chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas, César Astudillo, renunciou ao cargo a três dias da posse do presidente eleito do país, Pedro Castillo. Ao entregar sua demissão no domingo 25, o militar alegou “motivos pessoais”. As diferenças são ideológicas, visto que o novo chefe do Executivo é de esquerda, segundo o jornal La República.

Depois de uma eleição com suspeitas de fraude, o resultado da disputa pelo cargo de presidente do Peru foi anunciado em 19 de julho. Pedro Castillo, do partido de extrema esquerda Peru Livre, se elegeu com 50,12% dos votos, contra 49,87% de Keiko Fujimori, da legenda de direita Força Popular. A votação ocorreu em 6 de junho. As informações são da Revista Oeste.

Leia também:

Terra Brasil Notícias