Sem votos, os adversários de Bolsonaro tentam narrativa para impeachment

Sem votos, os adversários de Bolsonaro tentam narrativa para impeachment

Os adversários de Bolsonaro já viram que não tem votos suficientes para derrubar o presidente nas próximas eleições de 2022, com toda a militância digital e as grandes companhias da mídia “atirando” contra o presidente, ele não dá sinais de perder popularidade, pelo menos é o que se vê nas ruas onde o presidente é ovacionado por onde passa.

Diante disso, os adversários querem a via que eles acham mais plausível para derrubar Bolsonaro, criam narrativas constantemente para tentar empurrar um impeachment de “goela a baixo” dos Brasileiros, essa tentativa de narrativas tomam um caminho agora para “confeccionar” uma suposta compra ilegal de vacinas que nunca chegou a ser efetivada a sua compra, seria no direito penal o chamado crime impossível.

Bolsonaro é respeitado por sua integridade moral até por adversários, a narrativa de alguma corrupção no governo é a chamada tentativa desesperada de causar algum embaraço para um governo que está a 900 dias sem comprometer sua linha de legalidade.

O tempo voa, a próxima eleição está às portas, a esperança para a oposição ao presidente vai se esvaindo, o desespero já toma conta de alguns que sentem a falta dos “esquemas” milionários outrora tão corriqueiros, resta partir para o tudo ou nada da velha política que não aceita viver sem as mamatas que sustentavam uma cadeia de corrupção arraigada em quase todo o sistema eleitoral.

Leia também:

Terra Brasil Notícias