‘Quadrilhão do MDB’: Toffoli libera retorno de julgamento de denúncia contra Renan Calheiros por ‘organização criminosa’

‘Quadrilhão do MDB’: Toffoli libera retorno de julgamento de denúncia contra Renan Calheiros por ‘organização criminosa’

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, pediu ao presidente da Corte, Luiz Fux, para incluir na pauta do plenário do STF a retomada do julgamento de uma denúncia contra Renan Calheiros e outros integrantes do chamado “quadrilhão do MDB” no Senado.

O julgamento começou em fevereiro e teve apenas o voto de Edson Fachin, que defendeu o recebimento da denúncia, de modo a tornar réus por organização criminosa Renan Calheiros, Jader Barbalho, Edison Lobão, Romero Jucá, Valdir Raupp e Sérgio Machado.

Toffoli pediu vista e agora liberou o caso para análise numa sessão normal de debates no plenário — inicialmente, o julgamento era virtual, com votos por escrito.

Leia também:

Terra Brasil Notícias