Marcos Rogério irá apresentar um “relatório paralelo” na CPI

Marcos Rogério irá apresentar um “relatório paralelo” na CPI

Senador explicou que o documento deve conter pedidos de indiciamento de pessoas que levantaram “calúnias” contra o governo.

Na terça-feira (29), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) informou que pretende apresentar um “relatório paralelo” ao final dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. Ele explicou que esse documento deve conter uma lista com pedidos de indiciamento de pessoas que levantaram “calúnias” contra o governo.

Ao ser questionado sobre quais nomes seriam citados no texto, Marcos Rogério disse que não irá fazer como o atual relator da CPI, Renan Calheiros, “que prejulga”.

-Nós estamos diante da situação clássica da teoria do crime impossível. A CPI está fazendo barulho, construindo uma narrativa, mas não há o mínimo de elemento que induza sequer à suspeita. Não dá. É forçação de barra. É claro que posso pedir indiciamento. Para isso, basta ter elementos que apontem nessa direção, e isso a gente tem. A CPI está até agora fazendo barulho – ressaltou Rogério

O senador também afirmou que o governo pretende focar os trabalhos da CPI em quem teve interesse na compra da vacina Covaxin. Dois deputados foram convidados a falar no Senado, Orlando Silva (SP) e Renildo Calheiros (PE), ambos do PCdoB.

– Apresentei requerimento pedindo a oitiva deles como convite, porque são parlamentares e gozam de imunidade […] Esse princípio, no entanto, não está sendo respeitado para [com] o líder do governo na Câmara… os senadores querem votar sua convocação – apontou Rogério.

Créditos/Pleno.News

Leia também:

Terra Brasil Notícias