Justiça concede regime semiaberto a Lindemberg Alves, assassino de Eloá Pimentel

Justiça concede regime semiaberto a Lindemberg Alves, assassino de Eloá Pimentel

A Justiça de São Paulo flexibilizou a pena do assassino da jovem Eloá Pimentel, morta em 2008 após ser mantida refém por 100 horas pelo ex-namorado. Lindemberg Alves Fernandes, de 34 anos, vai cumprir o restante da pena em regime semiaberto.

Segundo a decisão da juíza Sueli de Oliveira Armani, o condenado teve bom comportamento na prisão, sem nunca ter registrado infração disciplinar grave. Lindemberg havia recebido uma pena de 39 anos, 3 meses e 10 dias de prisão.

Leia também:

Terra Brasil Notícias