Gilmar Mendes pede vista e suspende ação sobre Renan Calheiros

Gilmar Mendes pede vista e suspende ação sobre Renan Calheiros

O julgamento de um recursos do senador Renan Calheiros (MDB-AL) no Supremo Tribunal Federal (STF) foi interrompido após o ministro Gilmar Mendes pedir vista. O processo em questão trata da aceitação de uma denúncia contra o parlamentar.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, Renan Calheiros teria recebido propina do grupo NM Engenharia e da NM Serviços. Os recursos teriam sido pagos por meio de doações eleitorais feitas a diretório do MDB.

Após a denúncia, a defesa do senador acionou a Segunda Turma do STF. O relator do caso, ministro Edson Fachin, votou para negar o pedido de Renan Calheiros e apontou que o instrumento escolhido pelos advogado, no caso embargos de declaração, não poderiam ser utilizados no caso.

Depois do voto, o ministro Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar o caso.

Leia também:

Terra Brasil Notícias