Foguete gigante da Nasa levará astronautas à Lua, Marte e ‘outros destinos’

Foguete gigante da Nasa levará astronautas à Lua, Marte e ‘outros destinos’

Os engenheiros da Nasa estão montando o foguete gigante que levará a primeira mulher à Lua mais tarde nesta década como parte do programa Ártemis. Nesta segunda-feira (14), o segmento central foi colocado na plataforma móvel, entre os propulsores do veículo. 

A montagem do Sistema de Lançamento Espacial (SLS, na sigla em inglês) começou no fim do ano passado, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Um total de dez segmentos formarão o veículo antes do lançamento inaugural, que deve acontecer ainda neste ano.

O foguete é uma parte essencial do programa da Nasa Ártemis de exploração lunar, que planeja enviar a primeira mulher e o próximo homem à Lua em 2024. Funcionários da Nasa também esperam que o SLS seja usado para ir até Marte e outros “destinos espaciais profundos”.

Quando estiver completamente montado, a Nasa disse que o foguete SLS será mais alto que a Estátua da Liberdade (93 metros) e terá 15% mais impulso ao decolar do que os foguetes Saturno V usados nas missões Apolo há 50 anos, fazendo dele o foguete mais poderoso que já foi construído.

No entanto, o projeto já sofreu atrasos e estourou o orçamento. Cada lançamento do SLS pode custar até US$ 1,6 bilhão (R$ 8,1 bilhões), estimou o administrador da Nasa Jim Bridenstine à CNN no ano passado.

“O início da montagem do foguete SLS é um grande passo para o programa Ártemis”, disse Andrew Shroble, um gerente de fluxo de operações integradas da Jacobs, empresa que trabalha com a Nasa no programa Ártemis, em um comunicado à imprensa. “Isso mostra que a missão está se delineando e, em breve, irá para o local de lançamento”. 

A missão da Nasa Ártemis I é esperada ainda em 2021, com dois voos de teste ao redor da Lua, sem tripulação. O Ártemis II é previsto para 2023, com astronautas a bordo, em preparação para, no Ártemis III, levar os astronautas para a superfície da Lua.

O projeto foi nomeado pela deusa grega da Lua e irmã gêmea de Apolo –conjunto de missões nos anos 1960 e 1970 que tinham como objetivo levar os primeiros seres humanos ao satélite.

(*Com informações de Katie Hunt, da CNN Internacional)

Leia também:

Terra Brasil Notícias