Covidão a vista: Consórcio Nordeste comemora liberação da Sputinik V: “só foi ruim a quantidade, mas é melhor que nada”

Covidão a vista: Consórcio Nordeste comemora liberação da Sputinik V: “só foi ruim a quantidade, mas é melhor que nada”

Governadores que compõem o consórcio Nordeste já comemoraram a liberação da vacina Sputinik V, mas reclamam que a quantidade é pouca, a ANVISA tem sofrido grande pressão dos governadores que compõem o consórcio Nordeste para liberar a vacina Russa, que segundo eles, vai ajudar no processo de imunização das populações de seus estados, o grande problema é que durante a pandemia os mesmos governadores já tentaram comprar respiradores e jogaram milhões na “lata do lixo”, eles justificam que foram enrolados pelo fornecedor.

Nesta sexta-feira, a Anvisa aprovou de forma condicional e com restrições os novos pedidos de aval à importação de doses da Sputnik V, da Rússia, e da Covaxin, da Índia.

Em relação ao imunizante russo, a quantidade de doses será restrita a 1% da população de cada um dos seis estados solicitantes: Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí.

Leia também:

Terra Brasil Notícias