Plano B: Butantan pode ser saída para impeachment; Com atrasos da empresa para entrega de novas doses, decisão de Lewandowski pode punir Bolsonaro por improbidade

Plano B: Butantan pode ser saída para impeachment; Com atrasos da empresa para entrega de novas doses, decisão de Lewandowski pode punir Bolsonaro por improbidade

O ministro Ricardo Lewandowski (STF), afirmou, em decisão, que prefeitos e governadores, incluindo o presidente da República, Jair Bolsonaro, podem ser punidos por improbidade administrativa se houver atraso na aplicação da 2ª dose da vacina contra a Covid-19. Esta pode ser uma das estratégia traçadas pela esquerda para que Bolsonaro tenha motivos para receber um impeachment. Os atrasos do Instituto Butantan têm sido o principal motivo para a demora na distribuição.

Pela decisão de Lewandowski, as autoridades podem mudar a ordem dos grupos prioritários, desde que sigam critérios técnicos e científicos. De acordo com o ministro do STF, no entanto, os gestores públicos poderão ser punidos se a mudança prejudicar a aplicação da segunda dose.

Leia também:

Terra Brasil Notícias