Lula usa mensagens roubadas da Lava Jato para pedir suspeição de procuradores em ação sobre caças suecos

Lula usa mensagens roubadas da Lava Jato para pedir suspeição de procuradores em ação sobre caças suecos

Na noite de segunda-feira (3), a defesa do ex-presidiário Lula (PT) ingressou com um pedido de suspeição dos procuradores que atuam no caso da compra de caças suecos durante o Governo Dilma Rousseff.

O pedido dos advogados de Lula à 10° Vara Federal em Brasília foi feito com base na troca de mensagens roubadas da Lava Jato, apreendidas na Operação Spoofing da Polícia Federal.

Um depoimento de Lula no processo da Operação Zelotes está marcado para o dia 27 de maio. 

À Justiça Federal, a defesa do petista afirma que as mensagens mostram que a denúncia sobre irregularidades na compra dos caças foi idealizada e gestada em Curitiba, e depois assumida pelos procuradores Frederico Paiva e Hebert Reis Mesquita em Brasília. 

Leia também:

Terra Brasil Notícias