Passeio pelo Nordeste e entrega de taça para Pelé: Relembre a visita do Príncipe Philip ao Brasil

Passeio pelo Nordeste e entrega de taça para Pelé: Relembre a visita do Príncipe Philip ao Brasil

Príncipe Philip esteve no Brasil em novembro de 1968, ao lado de Rainha Elizabeth II. O casal visitou Recife, Salvador, Brasília, São Paulo, Campinas e Rio em uma viagem que durou 11 dias. 

O Duque de Edimburgo morreu aos 99 anos nesta sexta (9). Ele iria completar 100 anos em junho deste ano. A causa da morte ainda não foi revelada.

Na vinda ao Brasil, o casal da realeza britânica foi recebido com todos as honrarias no país durante a ditadura militar. Era um importante marco na relação entre Brasil e Reino Unido.

Eles chegaram ao país por Recife, passaram um dia na cidade e foram para Salvador. Na capital baiana, conheceram lugares importantes para a cultura britânica, como a Igreja Anglicana e o Clube Inglês. 

O casal também foi à Igreja de São Francisco, ao Museu de Arte Sacra e ao Mercado Modelo. Nesta última parada, houve uma cerimônia especial para recebê-los. 

A cidade seguinte foi Brasília, onde Philip acompanhou Elizabeth em eventos políticos no Itamaraty. Eles visitaram também o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e a Torre de TV.

No Hotel Nacional, Costa e Silva ofereceu um coquetel à imprensa, como pode ser visto na foto acima. 

A passagem por São Paulo rendeu fotos no Monumento do Ipiranga, ao lado da Sra. Maria do Carmo de Abreu Sodré e do governador Abreu Sodré.

A Rainha e o Duque de Edimburgo também participaram da inauguração da nova sede do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. 

Antes, o museu ficava na sede do Diários Associados, na rua Sete de Abril, no centro, onde foi fundado por Assis Chateaubriand. 

O casal real também passou um dia em uma fazenda em Campinas.

Já no Rio, Philip e Elizabeth desfilaram em carro aberto pela Avenida Atlântica e assistiram a um jogo no Maracanã, entre as seleções de Rio de Janeiro e São Paulo. 

Na ocasião, o casal entregou uma taça simbólico para o Rei do futebol brasileiro, Pelé.

Eles também participaram do lançamento da pedra fundamental da Ponte Rio-Niterói, uma das obras importantes para o regime militar. 

Na época, quem recebeu e acompanhou o casal durante toda a viagem foi o então presidente Arthur da Costa e Silva. 

Depois do Brasil, eles continuaram a viagem pela América do Sul em direção ao Chile.

Leia também:

Terra Brasil Notícias