Jovem brasileiro que perdeu R$ 200 mil na bolsa comete suicídio

Jovem brasileiro que perdeu R$ 200 mil na bolsa comete suicídio

O day trader quase sempre sai no prejuízo, segundo estudos recentes. Tais pesquisas apontam que, na grande maioria das vezes, a atividade de day trade é financeiramente nociva.

Embora cursos na internet prometam lucro rápido e fácil com a atividade, na prática, o que se vê são pessoas que perderam tudo, até mesmo a vida, acreditando que ficariam ricos em poucos dias.

Este foi o caso de Thiago (sobrenome não revelado), de 32 anos, que morava em Natal, no Rio Grande do Norte. Após um prejuízo de R$ 200 mil, o jovem entrou em depressão e cometeu suicídio.

De acordo com uma reportagem da TV Record, veiculada no domingo (11), o jovem era formado em contabilidade e conhecia o mercado financeiro.

Por isso, após ser demitido de um banco privado, ele resolveu apostar tudo no Day Trade com o dinheiro da rescisão.

Primeiramente, adquiriu um curso “caríssimo” que prometia ganhos rápidos em pouco tempo, segundo sua mãe, Suerda Morais. Mas depois de um tempo operando no mercado, a mãe do jovem começou a notar um comportamento estranho:

“Ele estava extremamente irritado, impaciente… ele estava estranho. Ele conta que perdeu o dinheiro que recebeu da rescisão do trabalho dele nessas operações”, disse Morais.

Em seguida, Thiago prometeu à mãe que desistiria do negócio. No entanto, ela contou que ele voltou a operar escondido e, com isso, acumulou uma dívida de R$ 200 mil.

“Ele foi uma presa fácil. Ele acreditou que se fizesse tudo como estavam dizendo, ele iria sim conseguir um êxito.”

Day trader perde tudo e tira a própria vida

Mas Thiago não só não conseguiu tirar seu prejuízo como tirou sua própria vida após fracassar e entrar em depressão.

“Quando você adoece psiquicamente e tem todas essas perdas financeiras, você perde o discernimento da vida. Você passa a não enxergar mais solução”, disse a mãe.

Morais ainda afirmou que os vendedores de cursos, que prometem ganhos irreais, estão com as mãos sujas de sangue pela morte de seu filho.

O economista André Perfeito, destacou que pessoas que acreditam que podem ir de R$ 1 mil a R$ 1 milhão rapidamente estão acreditando em uma ilusão.

Conforme explicou Perfeito, esse tipo de lucro até pode acontecer, mas é muito raro. Além disso, para conseguir se sair bem no mercado financeiro, é preciso ter frieza, disciplina e forte capacidade analítica.

Leia também:

Terra Brasil Notícias