Senador da Rede vai ao TCU para tentar impedir eventos de Bolsonaro

Senador da Rede vai ao TCU para tentar impedir eventos de Bolsonaro

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), protocolou uma representação na quarta-feira (4), no Tribunal de Contas da União (TCU), em que pede, por meio de medida cautelar, a proibição imediata da realização de eventos públicos de médio ou grande porte pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Além da suspensão dos eventos, Contarato solicitou a adoção de providências, por parte do TCU, para apurar uma suposta ilegalidade dos gastos públicos destinados a custear a realização de eventos públicos desses órgãos, os quais, segundo o senador, estariam contrariando as orientações sanitárias e contribuiriam para a disseminação do coronavírus.

“Não é razoável a realização de eventos, quando não cercados dos devidos cuidados e de estrita obediência às recomendações de autoridade de saúde. Cada evento realizado pelo governo federal tem o potencial de levar à contaminação de dezenas, centenas de pessoas, as quais se tornam, elas próprias, também vetores de disseminação da Covid-19”, alegou Contarato.

Leia também:

Terra Brasil Notícias