Juiz manda soltar homem preso por planejar morte de Bolsonaro

Juiz manda soltar homem preso por planejar morte de Bolsonaro

Na noite desta quinta-feira (4), o juiz federal Lincoln Rodrigues de Farias concedeu liberdade provisória a João Reginaldo da Silva Júnior, de 24 anos, de 24 anos, que foi preso em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, apontado como autor de ameaça de morte, no Twitter, contra o presidente Jair Bolsonaro.

O presidente teve uma rápida passagem por Uberlândia na manhã desta quinta-feira (4), quando ouviu um pedido de ajuda do prefeito, Odelmo Leão (PP). Por meio do Twitter, o homem identificado e preso havia dito na quarta- feira (3): “Gente, Bolsonaro em Udia amanhã… Alguém fecha virar herói nacional?”. Em post posterior ele ainda disse: “Atualização: o (governador Romeu) Zema estará também. Olha a oportunidade aí, meus amigos”.

A Polícia Federal continua as investigações para identificar as outras pessoas que fizeram publicações ameaçadoras ao presidente. A defesa de João Reginaldo disse que ele já foi solto e que, por enquanto, não vai se manifestar.

Leia também:

Terra Brasil Notícias