BOMBA: FÁBIO DANTAS ACESSA CONTAS DO RN E DESCOBRE QUE GOVERNO FÁTIMA ESTÁ COM COFRES CHEIOS E NÃO UTILIZOU RECURSOS PARA COMBATER A PANDEMIA; VEJA VÍDEO

BOMBA: FÁBIO DANTAS ACESSA CONTAS DO RN E DESCOBRE QUE GOVERNO FÁTIMA ESTÁ COM COFRES CHEIOS E NÃO UTILIZOU RECURSOS PARA COMBATER A PANDEMIA; VEJA VÍDEO

Em vídeo que circula nas redes sociais, o ex-vice-governador do RN, Fábio Dantas, mostra um passo a passo para consultar recursos destinados ao RN em contas do Governo do Estado no Fundo Nacional de Saúde (FNS) e acusa o governo estadual de não estar usando o dinheiro para abrir leitos e combater a pandemia.

“O que se tem visto no RN é algo muito estranho. A governadora do RN e seu secretário de saúde teimam em dizer que o Estado não tem dinheiro”, afirma Fábio no ínício do vídeo.

Em seguida ele orienta a qualquer um como acessar o portal do Fundo Nacional de Saúde (FNS). Fábio mostra que o saldo atual de todas as contas do governo no FNS somam pouco mais de R$ 161 milhões, sendo R$ 35 milhões de insvestimento (INVESTSUS) e outros R$ 111 milhões de custeio livre (CUSTEIOSUS). As informações são do Blog do BG.

Então ele detalha a execução de uma das contas, exibindo o histórico do saldo. Lá ele mostra que em maio de 2020, o Governo possuía em uma destas contas (CUSTEIOSUS), cerca de R$ 108 milhões e que em fevereiro de 2021 (data da última atualização), o saldo é de R$ 111 milhões.

A partir da constatação dos valores ele faz várias críticas à gestão estadual. Segundo o ex-vice governador, o Estado não estaria usando o dinheiro para abrir leitos e para o combate à covid-19 de forma eficaz, falha desde o início da gestão e quer culpar a população e os municípios, editando decretos em cima de decretos, diz Fábio Dantas.

“O governo tem que ser eficiente, não fazer compras super faturadas, não botar UTIs fantasmas, não fazer propaganda com candidato do PT dentro, ficar culpando os outros e fechando o comércio, o que não vai resolver. Só fechar o comércio não vai resolver. O estado tem que abrir leitos e fazer a ordenação do funcionamento do comércio e da indústria”, completa Fábio.

Leia também:

Terra Brasil Notícias