Barroso alfineta Bolsonaro e irrita seus pares

Barroso alfineta Bolsonaro e irrita seus pares

O ministro do Supremo Tribunal Federal tem estado em debates políticos e esteve em uma LIVE com Luciano Huck, isso provocou comentários nos bastidores da política, mais uma vez esta semana, o ministro do (STF) Luís Roberto Barroso, afirmou, nesta quinta-feira (4), que muitas das mortes por Covid-19 no país eram evitáveis, dando uma alfinetada no presidente Bolsonaro, interlocutores dizem que Ministros do TSE se sentiram desconfortáveis e que as questões políticas tem que ser deixadas com políticos para não interferir no processo democrático.

Em discurso durante a abertura da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do qual é presidente, Barroso disse que é legítimo o “sentimento de abandono que as pessoas têm pelo Brasil afora”.

Barroso afirmou ainda que o país passa por um momento de desvalorização da vida:

“Nós tivemos na data de ontem [quarta-feira] 1.840 mortos pela Covid-19 no Brasil. Nós estamos batendo recordes negativos. Algumas dessas mortes eram, como em toda parte do mundo, inevitáveis, mas, muitas, evitáveis.”

O ministro continuou:

“Nós estamos, infelizmente, vivendo um momento de desvalorização da vida, em que pessoas nos deixam e passam a ser tratadas puramente como números. É muito triste o que está acontecendo no Brasil e é legítimo o sentimento de abandono que as pessoas têm pelo Brasil afora.”

Leia também:

Terra Brasil Notícias