Esposa de El Chapo é detida nos EUA acusada de narcotráfico

Esposa de El Chapo é detida nos EUA acusada de narcotráfico

Os Estados Unidos prenderam nesta segunda-feira (22) Emma Coronel Aispuro, esposa do traficante mexicano Joaquin El Chapo Guzmán, acusada de envolvimento no tráfico internacional de drogas, segundo informações divulgadas pelo Departamento de Justiça em comunicado.

Emma, de 31 anos, cidadã americana e mexicana, foi detida no Aeroporto Internacional de Dulles, na Virgínia, perto de Washington. A ré deverá depor, por videoconferência, amanhã perante um tribunal federal na capital americana, o Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito de Columbia, segundo a nota.

“A esposa de El Chapo, que atraiu a atenção da mídia quando acompanhou seu marido durante julgamento dele em Nova York entre 2018 e 2019, enfrenta uma acusação criminal de “conspiração para distribuir um quilograma ou mais de heroína, cinco quilos ou mais de cocaína, 1 mil quilos ou mais de maconha e 500 gramas ou mais de metanfetamina, para importação ilegal nos Estados Unidos”, especifica o documento.

“Além disso, Coronel Aispuro teria conspirado com outros para ajudar Guzman em sua fuga, de 11 de julho de 2015, da prisão Altiplano, localizada em Almoloya de Juarez, no México”, acrescenta a nota.

Quando El Chapo voltou a ser preso no México, em janeiro de 2016, a esposa planejou mais uma fuga dele da prisão com outros parceiros, antes que o ex-líder do Cartel de Sinaloa fosse extraditado para os EUA, o que aconteceu um ano depois.

El Chapo foi condenado por tráfico de drogas por um júri em Nova York, em 2019, e cumpre pena de prisão perpétua em uma cadeia de segurança máxima no Colorado.

Ema, que tem filhas gêmeas com o criminoso e criou uma linha de vestuário baseada na figura polêmica do marido, também atraiu a atenção da mídia em 2019, quando afirmou ter recebido várias ameaças de morte após a captura e libertação do filho do chefe, Ovidio Guzmán López.

Leia também:

Terra Brasil Notícias