Tribunal no Peru acusa Bill Gates e Soros de criar coronavírus

Tribunal no Peru acusa Bill Gates e Soros de criar coronavírus

Um tribunal peruano acusou, no último dia 12 de janeiro, os bilionários Bill Gates e George Soros de fabricar a pandemia de coronavírus que assola o mundo. Segundo a Câmara de Recursos Criminais de Chincha e Pisco, a Covid-19 seria uma invenção das “elites criminosas do mundo”.

Para os juízes Tito Gallegos, Luis Leguía e Tony Changaray, os criadores da Covid-19 “manejaram [o vírus] e continuam a usá-lo com extremo sigilo dentro dos seus ambientes e corporações globais”. Os magistrados ainda afirmam que as únicas pessoas do mundo que sabem o comportamento do vírus seriam os bilionários.

– Nenhum governo mundial, pessoas físicas e jurídicas, nem a defesa do réu podem sustentar que esta pandemia tem a qualidade de previsível, exceto para os criadores da nova ordem mundial como Bill Gates, Soros, Rockefeller – declararam.

A alegação dos juízes foi utilizada para justificar a demora para atender o recurso de um réu que buscava que lhe fosse anulada a prisão preventiva, mas cujo pedido foi atrasado pela pandemia, e depois foi declarado improcedente, mantendo a prisão. O advogado do réu em questão argumentou que deveria ser declarada a “nulidade” da resolução.

A polêmica gerada em torno do fato motivou a abertura de uma investigação preliminar contra os magistrados, que será feita pelo Gabinete Descentralizado de Controle da Magistratura de Ica. Na análise, o órgão vai apurar se os juízes cometeram alguma irregularidade com a decisão.

Leia também:

Terra Brasil Notícias