Flávio Dino aciona STF contra Bolsonaro

Flávio Dino aciona STF contra Bolsonaro

Em um nova “ofensiva” contra Jair Bolsonaro, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), apresentou uma queixa-crime contra o presidente ao Supremo Tribunal Federal (STF). No documento, o comunista questionou se Bolsonaro poderia “costumeiramente mentir”. A informação foi dada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Flavio Dino acusou Bolsonaro do “crime de calúnia” durante uma entrevista dada à Rádio Jovem Pan, quando disse que o governador do Maranhão teria negado um pedido feito pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) para que a Polícia Militar (PM) garantisse a segurança do presidente durante visita ao estado em 2020.

No documento enviado ao STF, o governador garantiu que o “fato, porém, nunca ocorreu. Não houve qualquer negativa por parte do Governo do Maranhão, menos ainda do governador do estado, para que as forças policiais apoiassem a segurança do presidente da República e de sua comitiva em território maranhense”.

Para Flavio Dino, “está configurada a prática crime de calúnia, tendo como vítima o querelante, devendo o querelado [Bolsonaro] responder pelos atos praticados no exercício de seu mandato”.

Por fim, o governador disse considerar “importante destacar, novamente, não se tratar de simples equívoco, sendo o querelado [Bolsonaro], aliás, conhecido por seu pouco apreço pela correção factual, sendo apontado por veículos de checagens de dados como responsável por uma média de três declarações falsas ou distorcidas por dia durante os dois primeiros anos de seu mandato”.

Leia também:

Terra Brasil Notícias