Decreto libera 10% do Maracanã para final da Libertadores

Decreto libera 10% do Maracanã para final da Libertadores

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Claudio Castro, editou decreto autorizando a ocupação de 10% da capacidade do Maracanã durante a final da Copa Libertadores. O jogo será disputado entre Palmeiras e Santos no dia 30 de janeiro.

O texto afirma que não haverá público pagante no estádio, mas libera a “presença de pessoas devidamente credenciadas pela entidade organizadora, inclusive integrantes da coordenação, realização, segurança e patrocínio do evento e das entidades esportivas participantes até o limite máximo de 10% da capacidade do estádio”.

Para entrar no Maracanã, será necessário apresentar um teste PCR com resultado negativo para a Covid-19. Além disso, será feita a checagem de temperatura, além de ser exigido o uso de máscara.

Atualmente o estádio tem capacidade para78.883 pessoas. Com o decreto, até 7.888 poderão acompanhar o jogo no Maracanã.

Leia também:

Terra Brasil Notícias