Cerca de 20 mil pessoas que trabalhavam em bares e restaurantes foram demitidas durante a pandemia no DF

Cerca de 20 mil pessoas que trabalhavam em bares e restaurantes foram demitidas durante a pandemia no DF

Em entrevista ao Correio Braziliense, o presidente da Abrasel e vice-presidente do Sindhobar, Beto Pinheiro, afirmou que 20 mil pessoas do Distrito Federal (DF) que trabalhavam em bares e restaurantes foram demitidos durante a pandemia da Covid-19 em 2020.

Ao ser questionado se tinha “alguns números para as pessoas terem ideia da situação dos bares e restaurantes e como isso se projeta para 2021?”, ele respondeu:

“O setor demitiu bastante gente. Por volta de 20% do quadro que tínhamos, cerca de 20 mil do total de 100 mil trabalhadores. Além disso, tivemos mais de 2 mil CNPJs que deixaram de existir. O universo era de 10 mil, é 20% a menos também”.

“Infelizmente, aconteceram muitas demissões e muita utilização dos recursos de suspensão de contratos. Preocupa-me a parte trabalhista e os empréstimos que foram feitos pelos empresários. Muitos desses empréstimos tiveram carência de seis meses que estão acabando agora. Então, imagine, uma quantidade de funcionários que não podem suspender mais, com uma receita reduzida e começar a pagar a parcela de um dinheiro que já foi usado”, comentou Beto Pinheiro em outro trecho da entrevista.

Leia também:

Terra Brasil Notícias