AstraZeneca desmente imprensa e nega baixa eficácia da vacina de Oxford em idosos

AstraZeneca desmente imprensa e nega baixa eficácia da vacina de Oxford em idosos

Após a mídia alemã informar que a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca teria uma eficácia menor de 10% em idosos acima de 65 anos, a empresa se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Segundo a farmacêutica, os dados apresentados nas matérias dos jornais Handelsblatt Bild estão “completamente errados”.

Já o ministro da Saúde da Alemanha Jens Spahn informou que as reportagens “são pura especulação” e que o governo não teme a aprovação do imunizante, afirmando ainda que o valor de 8% de eficácia foi feito por uma confusão de dados.

Conforme Spahn, o estudo mostra que “cerca de 8% dos participantes nos testes de eficácia da AstraZeneca tinham entre 56 e 69 anos, e três a quatro por cento tinham acima dos 70”.

Leia também:

Terra Brasil Notícias