Bolsonaro avisou: ONU pede US$ 35 bilhões para combater pobreza agravada pela pandemia

Bolsonaro avisou: ONU pede US$ 35 bilhões para combater pobreza agravada pela pandemia

A ONU lançou nesta terça-feira (1) um pedido de ajuda humanitária recorde de US$ 35 bilhões para 2021. Os recursos são necessários para combater a pobreza e a fome iminente em populações atingidas pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo a entidade, com o choque da pandemia de Covid-19, o número de pessoas que precisam de ajuda humanitária em todo o mundo atingirá um novo recorde: 235 milhões, um aumento de 40% em um ano, segundo planos de resposta humanitária coordenados pela ONU. Se todas essas pessoas vivessem em um país, ele seria o quinto mais populoso do mundo, destaca a organização.

Os fundos solicitados pela ONU e seus parceiros visam ajudar cerca de 160 milhões de pessoas (dos 235 milhões) em 56 países considerados vulneráveis, afetados por conflitos, deslocamento de populações, fome, consequências das mudanças climáticas e da pandemia. “O aumento se deve quase inteiramente à Covid-19, que matou pelo menos 1,46 milhão de pessoas em quase um ano”, disse o diretor de Assuntos Humanitários da ONU, Mark Lowcock, em coletiva de imprensa em Genebra. “O quadro que apresentamos é o mais sombrio que já exibimos em termos de necessidades humanitárias futuras”, acrescentou.

Leia também:

Terra Brasil Notícias