Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos e quebra recorde

Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos e quebra recorde

Molly Gibson nasceu em outubro deste ano, de um embrião que ficou congelado por… 27 anos.

Seu embrião foi congelado em outubro de 1992, e assim permaneceu até fevereiro de 2020, quando Tina e Ben Gibson, do Tennessee, a adotaram.

Acredita-se que Molly tenha estabelecido um novo recorde para o embrião congelado por mais tempo que resultou em um nascimento, quebrando um recorde estabelecido por sua irmã mais velha, Emma.

“Estamos nas nuvens”, disse Tina Gibson. “Eu ainda fico emocionada.”
“Se tivessem me perguntado há cinco anos se eu não teria apenas uma garota, mas duas, eu teria dito que era loucura”, disse ela.

A família lutou contra a infertilidade por quase cinco anos até que os pais de Tina viram uma história sobre a adoção de embriões em uma rádio de notícias local.

“Essa é a única razão pela qual compartilhamos nossa história. Se meus pais não tivessem visto isso no noticiário, não estaríamos aqui”, diz Tina, de 29 anos. “Eu sinto que devemos completar um ciclo.”

Leia também:

Terra Brasil Notícias