Bahia nega injúria racial e reincorpora Indio Ramirez ao elenco regular do time

Bahia nega injúria racial e reincorpora Indio Ramirez ao elenco regular do time

O Esporte Clube Bahia divulgou, nesta quinta-feira (24), uma carta em que afirma não ter comprovação de injúria racial por parte do seu atleta Indio Ramirez com o meia do Flamengo, Gerson, no jogo entre os dois times no domingo (20). E por esse motivo reincorporará Ramirez ao elenco regular do time. 

“Os laudos das perícias em língua estrangeira contratadas pelo Bahia não comprovam a injúria racial e o clube entende que, mesmo dando relevância à narrativa da vítima, não deve manter o afastamento do atleta Indio Ramírez ante a inexistência de provas e possíveis diferenças de comunicação entre interlocutores de idiomas diferentes”, diz a carta.

O clube também anunciou uma série de medidas para combater o racismo e a homofobia internamente e entre os seus torcedores. Dentre elas estão: cotas racias para as disputas em eleições realizadas no clube, criação de espaço no museu do clube para debater o racismo, xenofobia, sexismo e LGBTfobia, proposta de criação de protocolo antidiscriminatório para jogos de futebol no Brasil entre outros.

Leia também:

Terra Brasil Notícias