Professora que ensinava aos alunos que Bolsonaro havia mandado matar Marielle é demitida

Professora que ensinava aos alunos que Bolsonaro havia mandado matar Marielle é demitida

A professora da disciplina de Redação de um colégio particular de Rio do Sul, em Santa Catarina, afirmou durante aula on-line que o atual presidente Jair Messias Bolsonaro havia mandado matar a socióloga e política Marielle Franco. Passados quase uma semana após a declaração a instituição de ensino confirmou a demissão da educadora.

Durante uma aula online sobre violência política, a professora explicava a diferença entre os tipos de violência. No vídeo ela afirmou que a violência política é praticada por políticos e exemplifica com o caso que aconteceu com o atual presidente quando foi vítima de uma facada no abdômen durante um comício na cidade de Juiz de Fora em 6 de setembro de 2018.

O caso é citado para explicar que não se trataria de violência política pois foi um cidadão comum que desferiu o golpe. Mais adiante, a professora afirma que Marielle Franco foi assassinada sob ordens de Bolsonaro. “Agora o que Bolsonaro armou para matar Marielle Franco, ele sendo um político matando uma outra política, isso sim é uma violência política” afirmou na aula.

Leia também:

Terra Brasil Notícias