Pelo menos 37 morrem em protestos contra prisão de candidato em Uganda

Pelo menos 37 morrem em protestos contra prisão de candidato em Uganda

Ao menos 37 pessoas morreram e centenas foram detidas em protestos em Uganda devido à prisão do cantor e candidato presidencial, Bobi Wine, em meio à campanha para eleição de janeiro no país da África Oriental.

Wine, cujo nome verdadeiro é Robert Kyagulanyi, desafia o presidente Museveni, de 76 anos, que está no poder desde 1986.

Eleito deputado em 2017, Wine se tornou porta-voz de uma juventude urbana e muito pobre, que não se reconhece no envelhecido regime de Museveni. Ele conquistou um grande número de seguidores por suas críticas ousadas ao governo, muitas vezes por meio das suas músicas.

Ele foi detido na quarta-feira (18), durante um ato de campanha no leste do país, acusado de violar restrições a reuniões impostas pelo governo para conter a disseminação do novo coronavírus.

Leia também:

Terra Brasil Notícias