Ex-procuradora federal dos EUA denuncia que eleição na Argentina foi fraudada pela esquerda

Ex-procuradora federal dos EUA denuncia que eleição na Argentina foi fraudada pela esquerda

Uma das advogadas da equipe jurídica do presidente Donald Trump e ex-procuradora federal dos Estados Unidos, Sidney Powell, afirmou que o software da Smartmatic foi usado para fraudar as eleições da Argentina e exportado para vários países da América Latina.

A denúncia foi feita durante conferência na quinta-feira (19), motivada pelas alegações de fraude que surgiram no pleito americano.

Ela também disse que o Software foi criado na Venezuela durante o governo Hugo Chávez e usado pelo ditador Nicolás Maduro.

Leia também:

Terra Brasil Notícias