SERGIO MORO É INTIMADO A DEPOR E NÃO PODERÁ FICAR CALADO OU MENTIR

SERGIO MORO É INTIMADO A DEPOR E NÃO PODERÁ FICAR CALADO OU MENTIR

Ex-ministro da Justiça dará depoimento no inquérito que investiga atos “antidemocráticos”, nessa condição Sergio Moro não poderá ficar em silêncio ou deixar de dizer a verdade sob pena de ser processado por falso testemunho.

Nesta sexta-feira (18), a Polícia Federal (PF) intimou o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, a prestar depoimento no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF que investiga atos antidemocráticos. O inquérito é relatado pelo ministro Alexandre de Moraes e tramita em segredo de Justiça.

A informação foi divulgada pela defesa de Sergio Moro, que afirmou que a “oitiva é motivada em razão de ele ter ocupado, à época dos fatos, a titularidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

De acordo com o advogado Rodrigo Sánchez Rios, o ex-ministro da Justiça deve depor na superintendência da PF em Curitiba no dia 2 de outubro. Ele não será ouvido como testemunha.

Leia também:

Terra Brasil Notícias

2 thoughts on “SERGIO MORO É INTIMADO A DEPOR E NÃO PODERÁ FICAR CALADO OU MENTIR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.