ADVOGADO DE LULA TEM 237 MILHÕES BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA FEDERAL

ADVOGADO DE LULA TEM 237 MILHÕES BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA FEDERAL

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela operação Lava Jato no Rio de Janeiro, ordenou o bloqueio de até R$ 237,3 milhões em bens de Cristiano Zanin e de seu escritório de advocacia com Roberto Teixeira. A medida, segundo site O Antagonista, foi determinada no início do mês no âmbito da Operação E$quema S, que investiga desvios de ao menos R$ 151 milhões da Fecomércio do Rio para bancas de advocacia que, segundo as investigações, vendiam a Orlando Diniz influência  junto ao Supremo Tribunal Justiça (STJ e Tribunal de Contas da União (TCU).

O objetivo do bloqueio é ressarcir não só a Fecomércio, mas também o Sesc e o Senac do Rio, que eram controlados por Diniz e de onde a maior parte dos recursos saíram, segundo as investigações da Lava Jato do Rio, no Ministério Público Federal.

Ainda conforme informação do site, o bloqueio tem como objetivo ressarcir não só a Fecomércio, mas também o Sesc e o Senac do Rio, que eram controlados por Diniz e de onde a maior parte dos recursos saíram, segundo as investigações da Lava Jato do Rio de Janeiro, no Ministério Público Federal.

Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.