Rede Vida afasta padre de Goiás suspeito de desviar milhões de doações de fiéis

Rede Vida afasta padre de Goiás suspeito de desviar milhões de doações de fiéis

Emissora voltada para o público católico, a Rede Vida decidiu afastar padre Robson de sua programação em meio às denúncias de que o religioso chefia uma organização que já desviou, ao menos, R$ 60 milhões de doações de fiéis.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o canal cortou a participação do padre goiano, que comandava no período da noite a reza do terço, durante 45 minutos. Apesar da mudança, a Rede Vida evitar comentar sobre o assunto. Nos bastidores do canal, inclusive, o tema é tratado de forma discreta e de portas fechadas.

Antes tratado como uma estrela pela emissora, padre Robson já ganhou um substituto: padre Lucio. A mudança e as denúncias envolvendo o religioso, no entanto, tem causado estranheza entre os telespectadores do canal. Diante da situação, a Rede Vida tenta se desvincular da imagem escandalizada do acusado.

Alvo da Operação Vendilhões, padre Robson, que é reitor da Basílica de Trindade, é o principal suspeito de movimentar sozinho cerca de 1,9 bilhão da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), segundo as mais recentes investigações.

De acordo com o Ministério Público, com o dinheiro o religioso comprou emissoras de rádio, imóveis, cabeças de gado e até uma casa de praia em Guarajuba, no Litoral Norte baiano. Investigado desde 2017, Padre Robson nega todas as acusações e reafirma sua inocência após recente veiculação do caso na mídia.

Seridó 360

Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.