Porta-voz chinês ameaça boicotar a Apple no país

Porta-voz chinês ameaça boicotar a Apple no país

Em um momento de divergências entre os governos dos Estados Unidos e da China, um porta-voz do governo de Pequim afirmou que o país pode boicotar a Apple, caso os EUA proíbam o aplicativo chinês WeChat.

O presidente Norte-americano, Donald Trump, assinou no início do mês um decreto para proibir o aplicativo de compartilhamento de vídeos chinês, TikTok, acusado de espionagem a favor da China e avisou poderia fazer o mesmo com a plataforma WeChat.

“Se proibirem o WeChat (nos Estados Unidos) não existirá nenhuma razão para que os chineses conservem seus iPhone e produtos Apple”, comentou no twitter o porta-voz.

Os produtos Apple, do iPhone ao iPad, são muito populares na China, um dos principais mercados do grupo americano fora dos Estados Unidos.

A Apple representava 8% do mercado chinês de smartphones no segundo trimestre, muito atrás da líder nacional Huawei, de acordo com a agência Counterpoint Research.

Os produtos Apple, fabricados na China, representam uma importante fonte de empregos no país asiático, o que sem dúvida tem impedido Pequim de obstruir as atividades da empresa americana.




Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.