MP investiga membro do MBL por suposta posse de pornografia infantil

MP investiga membro do MBL por suposta posse de pornografia infantil

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) irá investigar o empresário, ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL), Carlos Augusto de Moraes Afonso, famoso pelo nome de “Luciano Ayan”. De acordo com a denúncia, foi encontrado nos materiais de Luciano, conteúdos de pornografia e cenas de sexo explícito envolvendo crianças e/ou adolescentes.

Luciano Ayan foi preso no mês passado, alvo da operação Juno Moneta, que apurava sonegação e lavagem de dinheiro.

O empresário já está em liberdade, mas ainda terá que responder sobre as denúncias.

Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.