Maia diz que prisão de secretário de SP é ‘uma decisão pouco arbitrária’

Maia diz que prisão de secretário de SP é ‘uma decisão pouco arbitrária’

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (7) que foi “surpreendido” com a prisão do secretário de Transportes do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, na quinta-feira (6). O deputado considerou a decisão da Justiça “muito bruta, muito dura” e “um pouco arbitrária” por ser embasada em fatos ocorridos há mais de seis anos.

“Prender uma pessoa por fatos de seis, sete anos atrás, parece uma decisão um pouco arbitrária. Claro que toda vez que há um indício, temos o direito de nos defender, o Ministério Público, a obrigação de investigar, e a Justiça, de julgar. Mas uma decisão de um fato que não tem nenhuma relação com o momento atual, até porque a lei diverge disso, de fato é uma decisão dura, mas certamente o Baldy vai recorrer e fazer a sua defesa”, afirmou em entrevista ao Blog do Villa.

CNN Brasil 




Leia também:

Terra Brasil Notícias

Um comentário em “Maia diz que prisão de secretário de SP é ‘uma decisão pouco arbitrária’

  1. O redator da manchete precisa aprender português, pois “pouco arbitrário” quer dizer que a arbitrariedade foi pequena, o correto seria “um pouco arbitrário” ai sim da a conotação que pretendia de ser “demasiado” o ato da prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.