E-mails mostram participação de Witzel em contratos da primera-dama com empresário favorecido

E-mails mostram participação de Witzel em contratos da primera-dama com empresário favorecido

Dois e-mails enviados por Wilson Witzel, governador afastado do cargo nesta sexta-feira (28), por decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), mostram sua participação no possível esquema de contratos do escritório da sua esposa, Helena Witzel, e o hospital do empresário e ex-prefeito de Volta Redonda, Gothardo Lopes Netto.

Segundo o Ministério Público Federal, Witzel teria intermediado contratos da primeira-dama com o Hospital Jardim Amália Ltda (Hinja), que pertence à família de Gothardo. O empresário foi preso na operação desta sexta-feira e é apontado como braço-direito do governador.

O governo do RJ tem contratos com a empresa GLN Serviços Hospitalares e Assessoria LTDA e ela possui o mesmo endereço do Hospital Jardim Amália Ltda (Hinja) em Volta Redonda. Ambas as empresas pertencem à família do ex-prefeito. Um dos contratos da GLN com o governo do Rio gera o pagamento de R$ 445 mil mensais e de R$ 5,3 milhões por ano para custeio de assistência oncológica.

Nos e-mails, pode-se observar a descrição “Contrato Honorarios Hinja x Helena”, e era direcionado para o e-mail de Helena Witzel.




Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.