Brasil e grupo de Lima isolam Nicolás Maduro e renovam apoio a Juan Guaido

Brasil e grupo de Lima isolam Nicolás Maduro e renovam apoio a Juan Guaido

O governo Bolsonaro renovou decidiu renovar o apoio a Juan Guaidó, o autoproclamado presidente interino da Venezuela e principal opositor a Nicolás Maduro, informou o Ministério das Relações Exteriores, em declaração publicada nesta sexta-feira (14). 

Veja abaixo a íntegra da declaração: 

Os Governos de Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela, membros do Grupo de Lima, comprometidos a apoiar o processo de transição democrática na Venezuela:

1. Renovam sua unidade e firme compromisso em favor do Presidente Encarregado Juan Guaidó, da transição democrática, e da reconstrução institucional, econômica e social na Venezuela, país que vive uma crise multidimensional sem precedentes, que tem gerado o sofrimento crescente do povo venezuelano e que se agravou em função da pandemia de COVID-19.

Créditos: Gazeta Brasil

Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.