PREFEITO DE NATAL É PROIBIDO PELA JUSTIÇA ELEITORAL DE FAZER PROPAGANDA DE AÇÕES DA PREFEITURA EM SUAS REDES SOCIAIS PRIVADAS

O prefeito de Natal Álvaro Dias foi proibido de utilizar suas contas pessoais em redes sociais para divulgar ações da Prefeitura do Natal. A decisão foi tomada na última sexta-feira (24) pela juíza Hadja Rayanne de Alencar, da 3ª Zona Eleitoral de Natal. A medida é liminar, ou seja, temporária, e vale até o julgamento da ação.

A decisão foi requisitada através de um pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). A Procuradoria Regional Eleitoral acusa Álvaro Dias de fazer propaganda eleitoral antecipada. Conforme consta na ação, o prefeito usa suas redes sociais para vincular ações da prefeitura a sua pessoa.

O MP acredita que as ações do prefeito em suas redes tem a intenção de gerar promoção pessoal e captação do eleitorado, muito antes do início da campanha eleitoral propriamente.

A juíza alega que as postagens do prefeito nas redes sociais podem causar desequilíbrio ao pleito eleitoral. Caso Álvaro descumpra com a decisão, poderá ser punido com multa de R$ 1 mil por dia.




Leia também:

Terra Brasil Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.